desfiles MODA

SPFW - VERÃO 2016 - Quarto dia de desfiles - DIA 4

21:09Bruna Cypriano

17.04.2015

SPFW - DIA 1 - DIA 2 - DIA 3 - DIA 5

Ufa, a semana está quase no fim, mas ainda tem muita arte para se apreciar. E os designers mais uma vez capricharam nos looks e deixaram muita gente babando nas peças. Confesso que eu fui uma delas e prometo fazer um post só com minhas peças preferidas. Por hora, acompanhe o resumo do dia.

Giuliana Romanno

A estilista Giuliana Romanno abriu o penúltimo dia de desfiles na SPFW e apresentou sua coleção de verão 2016, no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.


O desfile foi marcado por cintura marcada, transparências, pernas a mostra, saltos extremamente altos e os cintos grossos arrematados por argolas que foram sem dúvida o maior destaque da coleção. 

Lino Villaventura

Quem gosta de um desfile com performance dramática, adorou assistir a coleção de Lino Villaventura. O designer disse não ter se inspirado em nada além de seu gosto pessoal e no próprio repertório da marca. Loucuras a parte, as peças tem acabamento impecável com o toque artezanal do designer.


O desfile aconteceu no Museu Afro Brasil, e casou perfeitamente com o clima da coleção. Entre olhos brancos e acessórios de cabeça super exóticos, Reynaldo Gianeccini, desfilou com um look tão polido que parecia uma peça fora do lugar. Nos materiais usados para confeccionar a coleção, estão seda pura, organza, gaze de seda pura, gaze devorê e tule de seda.

Patricia Viera

Patrícia Vieira contou com a ajuda de uma turma de alunos do Centro Universitário Belas Artes para criar alguns looks e montar a cenografia do desfile. A estilista que é uma expert em usar couro em suas criações, e transformá-lo no quiser, se inspirou na Costa Rica para contruir sua coleção.


As estampas pintadas a mão, ficaram por conta da artista Kláucia Badaró. Nos materiais, couro pintado à mão, couro com efeito de laise, couro rendado, franjas e macramês feitos do material. O styling ficou a cargo de Felipe Veloso e a beleza, de Max Weber.

Acquastudio

Com styling de Davi Ramos e Flavia Pommianosky, beleza de Celso Kamura e direção de Esther Bauman e Roberta Marzolla, a grife Acquastudio apresentou sua coleção verão 2016.


Para esta coleção a estilista Esther Bauman inovou apresentando estampas em suas criações. Nas peças, decotes profundos, saia enviesadas e comprimentos mini investem na sensualidade da mulher. 

Lenny Niemeyer

Após algumas temporadas afastada, a estilista Lenny Niemeyer volta a SPFW com uma coleção inspirada nos Bailes de Carnaval, à la Lenny. Sem brilhos e alegorias, os modelos tem tons terrosos, listras horizontais, florais vintage e um mix de texturas.


Entre os look, biquínis sofisticados, saídas de praia, túnicas, kaftans e macacões. Meu acessório preferido foi esse chapéu maravilhoso, lembrando os sambistas cariocas. O desfile foi ao som de Dynamic Coral e Orquestra, dirigidos pelo maestro Renato Zanuto. Nos materiais usados, o crepe, lycra, linho, georgette de seda e algodão texturizado.

GIG Couture 

Inspirada nos anos 60, na geometria, no art noveau e nas cores do arquiteto escocês Charles Mackintosh, a diretora criativa Gina Guerra, construiu sua coleção para o verão 2016.


Este ano a grife investiu em tecidos diferenciados, e trouxe tricôs de altíssima qualidade, com diferentes texturas e efeito tridimensional. O desfile contou com styling de Daniel Ueda e beleza de Robert Estevão.

Iódice

A estilista Simone Nunes, trouxe um nordeste cheio de delicadezas para sua coleção nessa temporada. Na cartela de cores, tons terrosos, rosa antigo, amarelo queimado, verde, tijolo e o prata numa versão metalizada.


Os tops com amarrações e laços remetem às amarrações de lenços usados na cabeça para carregar água ou pelas baianas típicas. Nos materiais usados, rendas, couro, tecidos naturais como algodão, seda e linho rústico. 

Samuel Cirnansck

Especialista em criar vestidos de divas, Samuel Cirnansk se baseiou num suposto baile acontecido nos anos 20 no Hotel Overlook, do filme "O Iluminado" (1980), para criar sua coleção.


Nessa temporada o estilista comemora seus 15 anos de carreira, e trouxe mais uma coleção lindíssima e super glamourosa e impecável como sempre. Nos shapes, modelos super justos ao corpo, alguns com decotes valorosos e transparências e outros super comportados como os tubinhos, em versões de curto e longo. 


As saias rodadas partiam da altura nos quadris, modelando o corpo e agregando sensualidade ao modelo amplo. Os materiais utilizados foram o tule, cetim de seda, plumas, jacquard, organza e bordados de cristais.

É isso aí! Logo mais, o resumo do último dia de desfiles da semana de moda paulista.
Até logo!

Leia também...

0 comentários